Síndrome do túnel de Carpo

Tratamento da Síndrome do Túnel de Carpo - Acupuntura e Fitoterapia Chinesa

Síndrome do túnel do carpo é uma neuropatia resultante da compressão do nervo mediano no canal do carpo, estrutura anatômica que se localiza entre a mão e o antebraço.

Através desse túnel rígido, além do nervo mediano, passam os tendões flexores que são revestidos pelo tecido sinovial. Qualquer situação que aumente a pressão dentro do canal provoca compressão do nervo mediano e a síndrome do túnel do carpo.

A causa principal da síndrome do túnel do carpo é a L.E.R. (Lesão do Esforço Repetitivo), gerada por movimentos repetitivos como digitar ou tocar instrumentos musicais. Existem também causas traumáticas (quedas e fraturas), inflamatórias (artrite reumatóide), hormonais e medicamentosas. Tumores também estão entre as possíveis causas da síndrome.

O principal sintoma é a parestesia, uma sensação de formigamento, de dormência, que se manifesta mais à noite e ocorre fundamentalmente na área de enervação do nervo mediano.

A evolução da síndrome dificulta manipular estruturas pequenas e executar tarefas simples como pregar um botão, enfiar uma agulha, segurar uma xícara.

(Fonte: https://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/sindrome-do-tunel-do-carpo/)

Tratamento do Túnel de Carpo na Medicina Chinesa

O tratamento da doença do Túnel de Carpo na Medicina Chinesa inicia-se com o diagnóstico detalhado realizado pelo terapeuta, que lhe possibilitara analisar a causa dos sintomas produzidos pela doença no organismo do paciente em questão.

Durante essa analise, o terapeuta pode chegar à conclusão de que uma ou mais das síndromes abaixo são responsáveis ou causadoras do quadro sintomático do Túnel de Carpo:

  • Invasão de Vento
  • Estagnação de Qi e Sangue
  • Deficiência de Sangue
  • Invasão de Frio

(Fonte: https://www.americandragon.com/conditions/CarpalTunnelSyndrome.html)

Uma vez que a(s) síndrome(s) seja(m) identificada(s) o princípio de tratamento e as técnicas da medicina chinesa são selecionadas para resolver a origem da doença bem como seus sintomas.

O tempo de tratamento varia em cada caso, dependendo de quão agudo ou crônico apresenta-se a doença.

Existem duas terapias/técnicas da medicina chinesa que, quando combinadas, trazem bons resultados e eficácia no tratamento.

A primeira das terapias é a Laser Acupuntura que utiliza o laser infravermelho nos pontos de acupuntura selecionados de acordo com o diagnóstico e principio de tratamento do paciente.

Duas das inúmeras vantagens da Acupuntura a Laser é que além de restaurar a função das células danificadas da região afetada pelo Túnel de Carpo, promove a tonificação e/ou dispersão da energia nos órgãos e meridianos comprometidos, tal qual ocorre quando se utilizam as agulhas no tratamento.

A segunda é a Fitoterapia Chinesa que utiliza ervas submetida a processos minuciosos para extração de seus princípios ativos.

As ervas presentes numa fórmula de fitoterapia chinesa são selecionadas para que os princípios ativos atuem no organismo do paciente de acordo com o princípio de tratamento obtido no seu diagnóstico.

Nessa terapia uma das vantagens é que somente os órgãos desequilibrados pela doença são tratados. Não há efeitos colaterais negativos aos demais órgãos não envolvidos na doença.

Essas duas técnicas unidas a um detalhado diagnóstico realizado pelo terapeuta pode oferecer aos pacientes acometidos pela doença do Túnel de Carpo resultados de melhora dos sintomas e/ou cura definitiva, na maioria dos casos.